Saiba como diminuir a fatura energética sem comprometer o normal funcionamento de um Hospital

19.06.2014

 

A diversidade de sistemas e equipamentos instalados, o número de horas de funcionamento e a dimensão de um Hospital colocam estes edifícios entre as infraestruturas com maior consumo energético e também com potencial para a aplicação de medidas de eficiência energética. Mas reduzir as faturas mensais não significa comprometer o normal funcionamento de um Hospital e a qualidade dos seus serviços.

 

Ao apostar na eficiência energética, os Hospitais conseguem ver reduzidos os seus custos operacionais, podendo canalizar o seu orçamento para investimentos mais centrais da sua atividade ou de melhoria da performance energética das instalações, o que resulta, de uma maneira ou de outra, numa melhor qualidade da prestação de serviço ao utente.

 

Ciente desta realidade, a ISA – Intelligent Sensing Anywhere desenvolveu o Kisense, uma solução de monitorização e gestão energética que dá ao utilizador informação detalhada sobre o consumo dos vários equipamentos, sistemas e áreas de um edifício, bem como a possibilidade de controlar o seu funcionamento de forma remota. Para além de ajudar os Hospitais a reduzir as faturas de energia, o Kisense apresenta-se como uma preciosa ajuda para os responsáveis pela manutenção técnica, na medida em que simplifica o seu trabalho diário.

 

Esta solução permite-lhes obter, através de uma única plataforma, toda a informação necessária a uma eficaz gestão energética, mas também a possibilidade de aferir dados e informações para a manutenção, conservação e controlo dos sistemas e equipamentos. Foi desenhada de forma a suportar a tomada de decisões relativas à gestão energética de Técnicos e Diretores de Manutenção, mas também de CEOs e Diretores Financeiros ao disponibilizar dados e previsões relativos a consumos, custos ou poupanças, por exemplo.


O Kisense possibilita a integração com sistemas já instalados agregando nesta plataforma todos os dados energéticos ou de controlo remoto de uma determinada instalação. A recuperação do investimento na solução Kisense, em média, é conseguida em menos de 2 anos, sendo nalguns casos inferior a 1 ano.

 

 

< Voltar

 

Please reload